Verdes apresentam propostas para condicionar apoio aos tucanos

25 nov

Verdes apresentam propostas para condicionar apoio aos tucanos

O Partido Verde entrega nesta sexta-feira (26) documento com propostas para um possível apoio ao governo de Geraldo Alckmin. O encontro com o PSDB será às 10 horas, no gabinete de transição dos tucanos e contará com a presença do presidente estadual do PV, Maurício Brusadin, e do ex-candidato verde ao governo estadual, Fabio Feldmann, além de dirigentes e parlamentares da legenda.

São 43 propostas para a elaboração de um programa comum de políticas públicas para o período 2010-2014, com o objetivo de alinhar três importantes vetores: crescimento econômico, qualidade de vida e uso sustentável dos recursos naturais.

O documento tem como base o programa de governo de Fabio Feldmann na eleição deste ano e divide-se em quatro grandes tópicos: compromissos estratégicos com o futuro de São Paulo; políticas públicas inovadoras para o Governo de São Paulo;  agenda legislativa comum e estrutura institucional mínima para as mudanças.

O ideal do encontro é promover a discussão sobre o programa de governo e contribuir com  oferecimento de soluções para os desafios do século XXI, e não discutir sobre a questão dos cargos que serão gerados com o novo governo.

Propostas

Dos 43 itens apresentados no documento do PV, destacam-se as seguintes propostas:

Saúde: controle de alimentos ricos em açúcar, sal e gorduras como forma de combater a obesidade e doenças relacionadas (hipertensão, diabetes etc); prioridade para a saúde bucal, com a distribuição gratuita de creme dental, escova e fio dental; controle da qualidade do diesel comercializado no estado.


Transporte: Ampliação da malha ferroviária e hidroviária. Melhoria na qualidade do diesel que move o transporte público (menos poluente e comprometedor à saúde da população) e incentivo ao transporte não motorizado, como a bicicleta.

Economia: incentivo à economia de baixa intensidade de carbono; incorporação das dimensões de felicidade e sustentabilidade ambiental nos indicadores do PIB (Produto Interno Bruto); incentivo à economia criativa.

Meio Ambiente: Implantação do sistema de hidrovias na Região Metropolitana de São Paulo; despoluição dos rios Tietê e Pinheiros em oito anos; preparar São Paulo para a Rio +20 e manter os critérios definidos pelo Código Florestal Brasileiro.

Serviços Públicos: sistema de avaliação e metas de desempenho sob a perspectiva do usuário; criação da Agência Reguladora de Transportes Coletivos para as regiões metropolitanas; criação do Fórum Paulista de Economia Criativa e criação da Secretaria de Relações Internacionais.

Sem Comentários

Deixe um comentário